Walderez de Barros participa do filme Dores de Amores

Foto: João Azevo

Walderez de Barros, atriz consagrada da dramaturgia brasileira, fez uma participação especial no longa de Raphael Vieira como a Madame Pureza, taróloga que atende à protagonista do filme em uma das cenas iniciais, fazendo uma previsão que influenciará diretamente no relacionamento do casal.

Para Walderez, a participação tinha um valor muito especial. Além do texto original ser de seu filho Léo Lama, que estourou nos anos 80 com a peça homônima, ela também já havia contracenado com Diogo Dahl, hoje produtor do filme.

–       Meu filho era uma criança quando a peça estourou. Não é porque sou mãe, mas ele é realmente muito talentoso. O texto é denso em diálogos e mesmo assim tem um ritmo ótimo. Continuar sendo um texto atual mesmo depois de 20 anos é uma amostra de qualidade. Também é especial trabalhar em um filme do Diogo, com quem contracenei há tantos anos e agora é um grande produtor – contou orgulhosa.